Pesquisar este blog

Instagram

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

A Igreja pecadora e santa se renova - Reflexão sobre o Ano da Fé


Padre Alírio Pedrini, scj
Blog pessoal



O Ano da Fé tem como objetivo alcançar uma profunda renovação da fé cristã, em cada batizado e também na Igreja toda. Essa renovação se faz necessária diante do “grande deserto no coração de multidões” que mesmo batizados, se dizem ateus, ou dizem crer, mas na verdade vivem como se Deus não existisse, ou como se Ele fosse desnecessário, diante de todos os progressos na humanidade. 

O propósito de renovação da fé é de levar de volta para Deus, para uma comunhão com Deus em Jesus Cristo, para uma vida de fé que ilumina e consolida uma vigorosa vida cristã, todos os batizados na Igreja Católica.

Acesse
.: Todas as notícias sobre o Ano da Fé

A Igreja, povo de Deus, é formada por santos e pecadores. Os batizados “santos”, pelo seu testemunho devem ajudar os pecadores a se converterem, a voltarem para a comunhão com Deus e a viver uma vida cristã santa. Os batizados “pecadores” são chamados a renovar a sua fé, a voltarem para Jesus Cristo, para serem perdoados, libertados, curados e santificados. Também essa realidade é desejada pelo Ano da Fé.

O Papa Bento XVI escreveu, a esse respeito: “ A renovação da Igreja realiza-se também através do testemunho prestado pela vida dos crentes: de fato, os cristãos são chamados a fazer brilhar, com a sua própria vida no mundo, a Palavra de verdade que o Senhor Jesus nos deixou. O próprio Concílio, afirma: "Enquanto Cristo “santo, inocente, imaculado” (Heb 7, 26), não conheceu o pecado (cf. 2 Cor 5, 21), mas veio apenas expiar os pecados do povo (Heb 2, 17), a Igreja, contendo pecadores no seu próprio seio, simultaneamente santa e sempre necessitada de purificação, exercita continuamente a penitência e a renovação. 

A Igreja “prossegue a sua peregrinação no meio das perseguições do mundo e das consolações de Deus”, anunciando a cruz e a morte do Senhor até que Ele venha (1 Cor 11, 26). Mas é robustecida pela força do Senhor ressuscitado, de modo a vencer, pela paciência e pela caridade, as suas aflições e dificuldades tanto internas como externas, e a revelar, velada mas fielmente, o seu mistério, até que por fim se manifeste em plena luz".

Vale a pena reler estas afirmações do Papa. Para criar uma ideia sadia da realidade da Igreja santa e pecadora.

Fonte: http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=288600

Nenhum comentário:

Compartilhe



Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...