Pesquisar este blog

Compartilhe



domingo, 20 de maio de 2018

Dom da Piedade

" Ter piedade não é fechar os olhos, fazer cara de imagem, fazer de conta que é um santo"

Nesta semana convidamos você a meditar sobre os 7 Dons do Espírito Santo, para que você possa conhecer e se aproximar mais do Espírito Santo. A cada dia você poderá ler uma reflexão sobre um dos 7 Dons.
Leia agora sobre a Piedade:
Gosto de iniciar nossa reflexão com citações da catequese do Papa Francisco, no Vaticano. Veja o que ele diz sobre o dom da Piedade: “Este dom não está relacionado com ‘ter compaixão de alguém’ ou ‘ter piedade do próximo’; pelo contrário, indica a pertença do cristão a Deus, a sua ligação profunda com Ele”. Essa ligação é o que faz com que a nossa vida tenha sentido, e o que ajuda cada pessoa a manter-se firme “mesmo nos momentos difíceis e conturbados”.
A partir desse anúncio, fica claro que o dom da piedade brota da gratidão. Surge no coração do cristão que mantém uma relação de amizade com o Senhor. Assim, podemos dizer que o dom da piedade gera em nós uma amizade com Deus, que muda a nossa vida e nos enche de entusiasmo e alegria. Esse dom suscita em nós a gratidão e o louvor. Piedade, então, é sinônimo de “autêntico espírito religioso e intimidade filial com Deus”.
Assim, devemos saber que a nossa amizade e intimidade com Deus, por meio da piedade, deve nos levar a dirigir essa amizade, transformada em amor, ao próximo. “A piedade nos torna capaz de amar a Deus e reconhecê-lo no próximo”, amando-o como ao próprio Cristo.
Ainda no dizer do Papa, não podemos confundir piedade com “pietismo”. Ter piedade não é fechar os olhos, fazer cara de imagem, fazer de conta que é um santo. Não. O dom da piedade significa alegrar-se com quem está alegre, de chorar com quem chora. É estar próximo de quem está sozinho ou angustiado, de corrigir quem está no erro, de consolar quem está aflito, de acolher e socorrer quem está precisando. Ele nos leva a amar o que é de Deus: a oração, a santa missa, a vida sacramental, a adoração ao Santíssimo Sacramento, a oração do Terço e o desejo de pregar e testemunhar a Palavra de Deus.

Por Pe. Adilson Ulprist
Publicado na Revista Brasil Cristão, da Associação do Senhor Jesus, novembro 2015.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...