Pesquisar este blog

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Sementes de fé - Sagrada Escritura - 17/02/2019

"Conserve sempre sua confiança. É impossível que Deus não corresponda, pois Ele mede sempre seus dons pela nossa confiança." Santa Teresinha do Menino Jesus

Monsenhor Antônio José de Moraes
Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Papa Francisco propõe estas perguntas para um bom exame de consciência

por ACI Digital

https://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-propoe-estas-perguntas-para-um-bom-exame-de-consciencia-65501


Papa Francisco se confessando durante a Jornada “24 horas para o Senhor” em 2014/ Foto: L'Osservatore Romano

REDAÇÃO CENTRAL, 10 Fev. 18 / 08:00 am (ACI).- Na Quaresma de 2015, o Papa Francisco deu aos fiéis presentes na Praça de São Pedro um pequeno livro especial intitulado “Guarde o Coração”, entregue por vários indigentes de Roma, o qual sugere uma série de recursos importantes para o caminho de conversão até a Semana Santa.
Entre os diferentes recursos propostos pelo Santo Padre, há um exame de consciência de 30 perguntas para fazer uma boa confissão, assim como uma breve explicação das razões para receber este sacramento.
Este recurso tem um significado especial ao aproximar-se o tempo de Quaresma e a realização da Jornada “24 Horas para o Senhor” nos dias 9 e 10 de março, para que os católicos, especialmente os que estão mais afastados da Igreja, se reconciliem com Deus durante a preparação para a Páscoa.
Diante da pergunta, por que confessar-se?, o livrinho responde: “Porque somos pecadores! Ou seja, pensamos e agimos de modo contrário ao Evangelho. Quem diz que não tem pecado, ou é mentiroso ou é cego. No Sacramento, Deus perdoa sempre os filhos que, tendo contradito a sua identidade, confessam as suas misérias e ao mesmo tempo a sua misericórdia”.
Para confessar-se, continua o texto, é necessário começar “escutando a voz de Deus” e prosseguir com o “exame de consciência, o arrependimento, a confissão dos pecados ao sacerdote, o propósito de satisfação, a invocação da misericórdia divina ministrada mediante a absolvição, o louvor pelo perdão recebido, a vida renovada”.
Exame de consciência
A seguir, apresentamos as 30 perguntas propostas pelo Papa Francisco para fazer uma boa confissão:
Em relação a Deus
Dirijo-me a Deus somente em caso de necessidade? Participo na Missa dominical e nos dias de preceito? Começo e termino o meu dia com a oração? Invoquei em vão o nome de Deus, de Maria e dos Santos? Envergonho-me de me apresentar como cristão? O que faço para crescer espiritualmente, como e quando o faço? Revolto-me diante dos desígnios de Deus? Pretendo que seja Ele a cumprir a minha vontade?
Em relação ao próximo
Sei perdoar, partilhar, ajudar o próximo? Julgo sem piedade, tanto em pensamento quando com palavras? Caluniei, roubei, desprezei os mais pequenos e indefesos? Sou invejoso, colérico, parcial? Tomo conta dos pobres e dos doentes? Envergonho-me da carne do meu irmão ou da minha irmã?
Sou honesto e justo com todos ou alimento a "cultura do descartável"? Instiguei os outros a fazer o mal? Observo a moral conjugal e familiar que o Evangelho ensina? Como vivo as responsabilidades educativas para com os meus filhos? Honro e respeito os meus pais? Rejeitei a vida após a concepção? Desperdicei o dom da vida? Ajudei a fazê-lo? Respeito o ambiente?
Em relação a mim mesmo
Sou um pouco mundano e pouco crente? Exagero em comer, beber, fumar e divertir-me? Preocupo-me em excesso com a saúde física, com os meus bens? Como uso o meu tempo? Sou preguiçoso? Procuro ser servido? Amo e cultivo a pureza de coração, de pensamentos e de ações? Nutro vinganças, alimento rancores? Sou manso, humilde, construtor de paz?





Como Rezar O Terço Da Libertação?


por Danilo Gesualdo

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.”
Tenho me encontrado com diversas situações de pessoas pedindo ajuda devido aos seus sofrimentos. Muitos destes sofrimentos são espirituais, marcados também por doenças, por problemas familiares e etc…
A verdade é que muitas vezes não é possível fazer nada que lhes possa aliviar as difíceis situações que estão  passando, a não ser lhes aconselhar a se apegarem a Jesus Cristo por meio da Oração, pois Ele sim pode resolver tudo o que hoje traz sofrimentos á estas pessoas, e ajudar a cada uma delas a supera – los.
Ainda que as pessoas não encontrem respostas ou soluções para os seus problemas de imediato, certamente Jesus lhes dará a paciência e a capacidade de suporta – los, até que a Providencia Divina os ajude a vencer estes sofrimentos…
Tenho entendido que as vezes as pessoas não conseguem cultivar por si mesmas uma vida de oração, ainda que saibam que é necessário. Não conseguem rezar, ler a Palavra, ir a Missa, rezar o terço etc…Ainda que saibam que é necessário, não conseguem reagir…
Mas nestes casos o mais importante é criar um ritmo de Vida de oração, para que em Deus possam viver estes sofrimentos…Por isso tenho percebido, e não é de hoje, a eficácia do Terço da Libertação na vida das pessoas que precisam criar um ritmo de vida de Oração, e ao mesmo tempo receberem graças espirituais como curas e libertações…
Quando muito jovem, eu me lembro que por muitas vezes eu rezava o Terço da Libertação, por mim e pelas pessoas que me pediam oração. Ele é uma ótima oração de intercessão. E por ser fácil de rezar e não demorar, eu rezava diversos terços num único dia.
É um Terço todo baseado na Palavra de Deus, o que certamente o torna eficaz e poderoso. Neste Terço você repete por 206 vezes o poderoso Nome de Jesus, e por isso há tantos testemunhos de Curas e Libertações recebidas através dele.
Pois a Palavra de Deus nos afirma:
Todo o que invocar o nome do Senhor será salvo (Rom 10,13).
Em nenhum outro (Nome) há salvação…” (At 4,12).
E ainda:
Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos.” (Fl 2, 10)
Por isso recomendo a você que sempre reze essa Oração, certamente colherá grandes graças para a sua vida. Este Terço te ajudará a criar ritmo de Oração pessoal, fazendo que em pouco tempo você também consiga rezar mais espontaneamente, ajudará a você rezar o Rosario, Ler e meditar a Palavra de Deus e assim por diante…
Comece por ele, não tenha receios…Ele é eficaz porque nele esta a Palavra de Deus e o Santo Nome de Jesus.
Abaixo uma breve explicação de como reza – lo:


ÍNICIO – Creio em Deus Pai
NAS CONTAS GRANDES:
Se Jesus me libertar, serei verdadeiramente livre!
ou
Se Jesus nos libertar, nós seremos verdadeiramente livres!
– Se a oração for para outra pessoa diga:
Se Jesus libertar “nome da pessoa”, ele/ela será verdadeiramente livre!


NAS CONTAS MENORES:
Jesus tem piedade de mim!
Jesus cura-me!
Jesus salva-me!
Jesus liberta-me!
ou
Jesus tem piedade de nós!
Jesus cura-nos!
Jesus salva-nos!
Jesus liberta-nos!
– Se a oração for para outra pessoa diga:
Jesus tende piedade de “nome da pessoa”!
Jesus cura “nome da pessoa”!
Jesus salva “nome da pessoa”!
Jesus liberta “nome da pessoa”!
FINAL – Salve Rainha
Espero que você possa me escrever contando o seu testemunho!
 Deus abençoe você!

O que pode nos fazer realmente felizes - homilia Domingo 17/02/2019


Sementes de Fé - A Liturgia Eucarística


"Na Liturgia Eucaristia, através dos sinais sagrados, a Igreja torna continuamente presente o Sacrifício da nova alianca, selada por Jesus no altar da Cruz."
Papa Francisco



Monsenhor Antônio José de Moraes
Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Como rezar o terço Maria passa na frente

por Pedro Teixeira



Como rezar o terço Maria passa na frente
O terço Maria passa na frente é um dos mais conhecidos e poderosos, dificilmente você nunca terá ouvido falar sobre ele. Este é um terço muito bem falado, principalmente por ganhar as causas mais difíceis.
Quem já rezou sabe que é questão de tempo para os caminhos se abrirem, não importa qual seja o problema. Basta buscar por Maria com o coração aberto e cheio de fé, o resultado vem em seguida.
Ainda que seja um terço muito famoso, não é lá muito simples de se rezar. Dessa maneira, é importante haverem artigos simplificados, que de fato ensinem a rezar. Continue lendo e aprenda a como rezar o terço Maria passa na frente.
Como se reza o terço?
Talvez não seja lá muito fácil de se entender tudo no começo, mas com um pouco de atenção isso certamente será possível. Para que possamos começar, é necessário entender a estrutura do terço em si.
A parte mais importante do terço é a sua cruz, e depois dela existem várias bolinhas que compõem o colar que a sustentam. Essas bolinhas são alternadas entre maiores e menores, e de acordo com isso é feita a reza.
Essa é uma reza muito poderosa, e consequentemente muito longa. Se você a fizer de modo errado, não surtirá efeito. Busque fazer em um momento tranquilo do seu dia, onde nada venha a tirar a sua concentração.
Para que tudo fique mais simples, irei dividir a reza em partes.

A cruz: A cruz é o elemento principal do terço, o mais importante. Justamente por isso, é ali que se começa a reza. Você deve segurar a cruz em suas mãos, bem firme para iniciar a reza do terço.
Depois de ter em mãos o terço e já estar em plena concentração, você deverá fazer a oração “creio em Deus pai”:
“Creio em um só Deus,
Pai todo-poderoso,
Criador do céu e da terra
De todas as coisas visíveis e invisíveis.
Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigênito de Deus,
nascido do Pai antes de todos os séculos:
Deus de Deus, Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro.
Gerado, não criado, consubstancial ao Pai.
Por Ele todas as coisas foram feitas,
E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos céus
E encarnou pelo Espírito Santo,
no seio da Virgem Maria,
e Se fez homem.
Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos,
padeceu e foi sepultado.
Ressuscitou ao terceiro dia,
conforme as Escrituras,
e subiu aos céus,
onde está sentado à direita do Pai.
De novo há-de vir em sua glória,
para julgar os vivos e os mortos,
e o seu reino não terá fim.
Creio no Espírito Santo,
Senhor que dá a vida,
e procede do Pai e do Filho,
e com o Pai e o Filho
é adorado e glorificado:
Ele que falou pelos Profetas.
Creio na Igreja una, santa,
católica e apostólica.
Professo um só batismo
Para remissão dos pecados.
E espero a ressurreição dos mortos,
e vida do mundo que há-de vir.
Ámen.”
Essa oração deve ser feita somente uma vez, já que existe somente uma cruz no terço. Faça com muita fé, com muita concentração e sem dúvidas. Lembre-se de que esse é um ponto bastante importante da reza.
Enquanto estiver orando, não solte o terço em momento algum. Você deve emanar força nessa oração, segurando muito firme a cruz.
Você pode tanto falar a oração, quanto só pensar nela em silêncio. Uma opção interessante também é gravar a sua própria voz lendo a oração e escutar enquanto faz as etapas do terço maria passa na frente.
O importante mesmo deste começo é que você esteja completamente concentrado(a), sem distrações. Este é o começo, então é crucial que você não perca o fio da meada ali.
Primeira conta: Depois de já ter orado o credo, você deve reparar que, depois da cruz, existe uma bolinha grande. Para continuar a reza você deve segurar essa bolinha com os seus dedos bem forte e rezar um Pai nosso.
Você pode rezar qual versão do pai nosso você preferir, mas para essa reza normalmente se utiliza o tradicional, mais conhecido.
Três pequenas contas: Depois da conta maior, existem três pequenas contas. Nestas três pequenas contas você deve fazer o mesmo: segurar com força entre os seus dedos com muita fé e concentração.
Para essas três continhas você deverá rezar três Ave Maria: uma por cada conta. Segure a primeira, reze uma vez. Segure a segunda, reze outra vez. Segure a terceira e finalize rezando pela última vez.
Ore com toda a sua força, depositando ali toda a sua fé, de modo que você sinta a sua energia fluindo. As orações mais tradicionais são também as mais poderosas, nunca se esqueça disso!
Conta grande: Essa é a última conta da parte que sustenta a cruz pendurada: uma conta maior, assim como a primeira onde você já rezou o credo lá no início.
Nessa você deverá tornar a rezar o pai nosso, normalmente, sem nada demais. Ore com muita fé, com a mesma intensidade do início, isso faz toda a diferença em uma reza ou oração.
Colar do terço: Essa parte é considerada a mais difícil de se entender, mas também não é nada demais. Depois que você compreende, fica quase automático de se rezar.
Essa parte do colar do terço é composto também por bolinhas pequenas e bolinhas grandes. Dez bolinhas pequenas, uma grande, até chegar ao final dessas contas.
Contas grandes: Toda vez quando você for rezar uma conta grande, você deverá segurá-la bem forte, e como no início colocar toda a sua energia bem ali.
Em cada conta grande você deve realizar essa oração:
“Lembrai-vos, ó Piíssima Virgem Maria,
de que nunca se ouviu dizer, que algum daqueles que tenha recorrido à vossa clemência,
implorado a vossa assistência, reclamado o vosso socorro, fosse por vós abandonado.
Animado eu, pois, com igual confiança, a vós, Virgem das Virgens, como Mãe recorro,
de vós me valho e gemendo sob o peso de meus pecados, me prostro a vossos pés.
Não desprezeis as minhas súplicas, ó Mãe do Verbo de Deus humanado,
mas dignai-vos de as ouvir propícia e de me alcançar o que vos rogo.
Amém.”
Você deve orar exatamente igual em cada uma das contas grandes, sem tirar nem por. É bem simples, existem bem menos contas grandes do que pequenas, então não será nada muito trabalhoso.
Você deve orar com concentração, se você por acaso se perder durante a oração, recomece do zero. Se programe para rezar em um horário sem distrações, essa parte é um tanto quanto longa e exige uma certa disponibilidade de tempo.
10 primeiras pequenas contas: Existem nesse colar conjuntos de dez continhas, onde para cada dez haverá uma oração diferente, que deve ser repetida conta por conta.
Em todas as contas você deverá fazer como de costume: segurar com firmeza e fazer a oração com bastante fé e força, sem dúvidas.
Para essas dez primeiras continhas você deverá fazer a seguinte oração:
Maria passa na frente e vai abrindo caminhos Abrindo portas e portões Abrindo casas e corações”
É bem curta, então demorará muito menos do que você deve estar imaginando.  A reza do terço na verdade é bem rápida depois que você pega o jeito de como se faz.

10 Segundas pequenas contas: Repita o processo anterior, do mesmo jeito, trocando somente a oração por essa:
A Mãe indo à frente seus filhos estarão protegidos.
E seguem teus passos, ela os leva sob tua proteção.
Maria passa na frente, resolve aquilo que somos incapazes de resolver.
Mãe cuida de tudo que não esta ao nosso alcance.
Tu tens poderes para isso”
Essa oração é um pouco maior do que a anterior, mas ainda assim é bem pequena em relação à maioria das orações. Termine com muita fé, reze a bolinha grande e parta para o próximo conjunto de contas.

10 Terceiras pequenas contas: O processo será exatamente o mesmo das últimas vezes, segure uma bolinha de cada vez e faça a oração com muita fé.
Para esse terceiro conjunto de bolinhas, você deverá fazer a seguinte oração:
Vai mãe, acalmando, serenando e amansando os corações.
Vai acabando com ódio, rancores, mágoas e maldições.
Vai terminando com dificuldades, tristezas e tentações.
Vai tirando teus filhos das perdições.”
Finalizando essa pequena oração, reze a próxima bolinha grande e parta para o último conjunto de contas.
10 últimas pequenas contas: Esta é a última dezena de continhas, se você já chegou até aqui, meus parabéns, agora falta muito pouco para que você termine a reza do terço Maria passa na frente!
As últimas bolinhas devem ser rezadas exatamente da mesma maneira que todas as outras, segurando uma bolinha por vez e orando com fé a seguinte oração:
Maria passa na frente e cuida de todos os detalhes.
Cuida, proteja e ajuda a todos os teus filhos.
Maria, tu és mãe e eu te peço, passa na frente.
Vai conduzindo, levando, ajudando e curando os filhos que precisam de ti.”
Depois dessa oração terminada, você já terá acabado a parte mais difícil do terço, bastará finalizar com a reza do Salve Rainha.
Salve rainha
Agora você já está terminando de rezar todo o terço, falta somente mais um pouquinho para que você finalmente termine essa poderosa reza.
Se concentre, tenha em mente que a finalização é uma etapa tão importante quanto o resto de toda a oração. O Salve rainha é uma linda oração, transforme a reza do seu terço em um momento de conexão com a espiritualidade.
Segure bem o terço, com firmeza e ore:
“Ó bela flor do Carmelo, fecundíssima videira, esplendor dos céus, santa e única.
Que trouxeste no ventre o Filho de Deus, mas permaneceste sempre virgem pura.
Ajuda-nos em nossas necessidades, ó estrela do mar, socorre-me e mostra-me que és minha mãe.”
Agora está finalizado o terço, agradeça a nossa senhora termine a reza. Você pode simplesmente agradecer e ficar em silêncio até se sentir confortável para ir fazer outra coisa e finalizar o terço.

Essa reza é muito poderosa, já ajudou a muitas pessoas e inúmeras causas diferentes. Jamais subestime o poder deste tipo de oração, simplesmente realize do jeito certo e aguarde pelo seu resultado.
Não se deixe perder o foco durante a reza, essa é uma das causas mais comuns pela não realização dos desejos dos fiéis. Lembre-se: a sua fé e confiança na oração são o combustível para que ela funcione.
Pronto! Agora você já sabe como rezar o terço Maria passa na frente, é só realizar a reza até isso se tornar uma prática tão comum quanto qualquer outra. Boa sorte com os seus resultados!

Pedro Teixeira

Sementes de Fé - 15/02/2019 - Efatá abre-te


Qual parte da sua vida precisa ser aberta pelo Senhor? Ele quebra os grilhões e te liberta de toda impureza e pecado. Tira de você de todo mal que te impeça de avançar. Senhor, diga "efatá" em tudo que queres me libertar e em tudo que queres que eu avance. Amém
Hoje o Evangelho (Mc 7,31-37)


"A Igreja não está no mundo para condenar, mas para promover o encontro com aquele amor visceral que é a misericórdia de Deus. Para que isso aconteça, é necessário sair. Sair das igrejas e das paróquias, sair e ir à procura das pessoas onde elas se encontram, onde sofrem, onde esperam."
Papa Francisco

"O Senhor revelou a sua misericórdia tanto nas obras como nas palavras, desde os primórdios do povo que escolheu para si."
São João Paulo II 

Monsenhor Antônio José de Moraes
Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

O porquê e a castidade na prática

Sementes de Fé - 14/02/2019 - Nos dar em amor a Deus



"Quanto mais alguém está imerso em Deus tanto mais deve sair de si, isto é, ir para o mundo a fim de levar a este a vida divina."
Santa Teresa Benedita da Cruz


"Para poder dar a Deus com amor devemos reconhecê-lo como Aquele que ama."
Santa Teresa Benedita da Cruz



Monsenhor Antônio José de Moraes
Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Sementes de fé - 13/02/2019


"Eis as bem-aventuranças. Não requerem gestos extraordinários, não são para super-homens, mas para quem vive as provações e as fadigas de todos os dias."
Papa Francisco


Monsenhor Antônio José de Moraes
Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Sementes de Fé - 10/02/2019

"Mesmo que já tenha feito uma longa caminhada, sempre haverá mais um caminho a percorrer."
Santo Agostinho



Monsenhor Antônio José de Moraes
Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil



Evangelho do dia 10/02/2019 - reflexão


sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Súplica à Divina Vontade

Ó Deus e meu Pai, convido a Tua Divina Vontade a reinar em mim, tal como reina no céu e como reinaste em Jesus e Maria, quando estavam nesta terra. Que todos os meus pensamentos, atos e palavras sejam governados, incentivados e dirigidos pela Tua Vontade. Desejo que tudo que foi realizado hoje por minha humanidade, também seja feito na Eternidade. Que os meus atos de hoje se multipliquem no infinito e alcancem todos os lugares, abraçando toda eternidade. Eu Te amo, meu Deus, divinamente, infinitamente e eternamente. Amo-Te durante o tempo que o Senhor foi e continuará sendo Deus, isto é, a Tua própria Eternidade, com Tua própria Vontade e, adoro-Te, em nome de todas as gerações passadas, presentes e futuras. Eu te amo, meu Deus, meu Pai, Autor da minha vida! Amém.

Oração encontrada na carta da revista Brasil Cristão de fevereiro de 2019.
Escrita pelo padre Eduardo Dougherty, SJ

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Sementes de Fé- 06/02/2019


"A verdadeira riqueza não está nas coisas, mas no coração."
Papa Francisco


Monsenhor Antônio José de Moraes
Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...